fbpx

Mudanças na estrutura do modelo do Simples Nacional

 

O ano de 2018 se inicia com grandes mudanças no ambiente tributário que abrange os microempreendedores individuais, pequenos e médios empresários. O simples nacional, modelo de simplificação tributária aplicado a essas categorias de negócio, sofreu algumas mudanças. Dessa forma, o modelo se torna mais abrangente, porém demanda maior rigor e cautela na hora da realização da gestão fiscal de seu negócio.

Uma das opções mais interessantes no mercado atualmente são os Online Apotheek Valium softwares de Buy Diazepam 2Mg Online gestão fiscal integrada. Atualmente, a Buy Valium Eu EMC Sistemas possui um dos modelos mais avançados de Buy Daz Diazepam solução fiscal para empresas de pequeno ou médio porte, o Online Apotheek Valium EMC SOLUÇÃO FISCAL. Através de um layout simples e direto, é possível realizar todo o processo de acompanhamento fiscal de seu negócio, automatizando e dinamizando suas etapas.

O software http://inlandwharfbrewing.com/search/brostecph.cn EMC SOLUÇÃO FISCAL gera um controle completo e integrado de todo o negócio. Confira abaixo as complexas modificações do novo Buy Diazepam London Simples Nacional e veja como o sistema pode tornar muito mais eficazes os cálculos envolvidos no novo modelo de tributação:

 

http://silverlakefamily.com/event/last-week-fall-3-youth-programs/all/ Principais mudanças no Simples Nacional

Buy Valium Australia  

 

Sem dúvidas, a modificação mais central implementada após a aprovação da Lei Complementar 155/2016, que modifica o Simples Nacional, foi o aumento do teto de faturamento para os tipos de negócios enquadrados no modelo. Segundo as modificações, os novos tetos de arrecadação anual são os seguintes:

  1. Microempreendedor Individual (MEI): passa de R$ 60 mil para R$ 80 mil;
  2. http://corp-image.com/3html/ Empresa de Pequeno Porte (EPP): passa de Valium Order Online Australia R$ 3,6 milhões para Buy Valium By Roche 10Mg 4,8 milhões;

Contudo, além das mudanças no teto, a Lei 155/2016 também prevê alterações nos limites dos impostos estaduais (ICMS) e municipais (ISS). Caso a EPP tenha uma receita 20% superior ao teto anterior de R$ 3,6 milhões, será preciso declarar sua exclusão do http://madridbuenasnoticias.com/2017/11/08/la-compania-nipona-circo-de-sastre-trae-a-madrid-su-espectaculo-de-luces-telas-y-musica-en-directo/ Simples Nacional e ambos os impostos serão calculados fora da tabela do modelo.

 

 

Essa mudança é importante pois altera completamente o número de faixas de receita bruta antes admitido pelo Buy Valium India Simples Nacional. As 20 faixas de alíquotas anteriores foram reduzidas para apenas seis, o que tem impacto direto nas alíquotas praticadas pelo modelo atualmente.

Além disso, é preciso ter muita atenção na hora de verificar em qual das faixas sua empresa se enquadra, pois os anexos que relacionam atividade praticada pela sua empresa e as faixas de receita bruta também foram modificados. Agora o Simples Nacional conta com apenas 5 anexos, além de possuir http://corp-image.com/2018/01/tradeshow-materials/ parcelas de dedução fixas, outra mudança importante.

Buy Ardin Diazepam  

  • Adoção de uma nova base de cálculo, a “Alíquota efetiva”

 

A “Alíquota efetiva” vem com o objetivo de substituir a alíquota simples tabelada. Nesse novo modelo de cálculo, será preciso realizar uma equação para chegar ao valor final da alíquota a ser cobrada. Essa equação é a seguinte:

 

Purchasing Valium (RBA12 x ALÍQUOTA TABELADA) – PD

http://smartlypost.com/feed RBA12

 

Sendo: Buy Roche Diazepam Online RBA12 = Receita bruta acumulada dos 12 meses anteriores;

Buy Tubs Diazepam Alíquota tabelada = Alíquota nominal de acordo com os Anexos I a V;

PD: Parcela a deduzir de acordo com os anexos I a V;

           

 

Essa é uma das modificações mais complexas do novo http://corp-image.com/2025/news_19.html Simples Nacional. Consiste em criar uma regra especial de tributação para alguns serviços específicos. De agora em diante, se o http://centralborne.com/CA/servicios/info-proveedores/contacto Fator “R”, que representa a soma dos salários e benefícios pagos a todos os trabalhadores dividido pelos últimos 12 meses for igual ou superior a 28% do faturamento desse mesmo período, o contribuinte será enquadrado no Anexo III da Lei 123/2006.

Caso o “Fator R” do contribuinte fique abaixo dos 28%, ele se enquadrará no Anexo V da Lei 123/2006. Todo esse processo contábil dificultou bastante a vida do empreendedor, tornando sua gestão fiscal ainda mais complexa.

 

Reparou em como se tornou mais complexa a gestão fiscal das micro, pequenas e médias empresas? Deseja contar com uma solução completa e integrada de gerenciamento de impostos, que vai otimizar muito o tempo gasto com cálculos e processos contábeis?

Clique no botão a baixo e fala com um de nossos revendedores e adquira o EMC SOLUÇÃO FISCAL, o software de gestão tributária mais completo e intuitivo do mercado.

Experimente Grátis

 

Gostou do conteúdo? Que tal saber mais sobre o Código GTIN.

Deixe aqui seu comentário